Receita

Viemos testando uma série de pães sem glúten, mas é sempre mais difícil encontrar algum que não leve ovos.

Depois de várias experiências, chegamos a um ótimo resultado com uma receita inspirada no Pão Francês Delicioso Sem Glúten, do canal Delícia SEM Glúten!. É uma receita bem prática, sem complicações na execução. Usa farinhas comuns, fáceis de encontrar e acessíveis.

Temos usado a AquaFaba como alternativa aos ovos em diversas receitas. E comprovando a versatilidade do ingrediente, conseguimos a proporção ideal para dar a liga na massa, substituindo as claras de ovos.

Usando uma gordura hipoalergênica (margarina sem leite ou gordura de palma) o resultado se torna seguro para a maioria das restrições alimentares.

Eu acho mesmo que este é um pão perfeito para ser consumido no lugar do famoso pão francês, da padaria. Com sua casca mais crocante e interior aerado e branquinho…

Finalmente um pão prático que possa ser o pão de sal sem glúten ou o pão francês sem glúten para nosso café da manhã…

O ideal é consumi-lo no mesmo dia em que for preparado, depois de esfriar. Como o próprio pão francês, o resultado não fica o mesmo se consumido no dia seguinte.

 

Pão de Sal Sem Glúten
Receita prática, de ingredientes acessíveis, incrível para substituir o famoso pão francês. O resultado é dourado e delicioso.
Porções Tempo Preparação
6 pães 30 minutos
Tempo Cozedura Tempo passivo
30 minutos 25 minutos
Porções Tempo Preparação
6 pães 30 minutos
Tempo Cozedura Tempo passivo
30 minutos 25 minutos
Pão de Sal Sem Glúten
Receita prática, de ingredientes acessíveis, incrível para substituir o famoso pão francês. O resultado é dourado e delicioso.
Porções Tempo Preparação
6 pães 30 minutos
Tempo Cozedura Tempo passivo
30 minutos 25 minutos
Porções Tempo Preparação
6 pães 30 minutos
Tempo Cozedura Tempo passivo
30 minutos 25 minutos
Ingredientes
Instruções de preparação
  1. Preparar um tabuleiro, forrando com tapetes de silicone ou untando com margarina sem leite e polvilhando com farinha sem glúten,
  2. Começar a misturar em vasilha de tamanho médio a farinha, o polvilho, a goma xantana e o sal.
  3. Em uma vasilha pequena, misturar a água morna, o açúcar e o fermento. Deixar repousar até que se forme aquela espuma sobre a mistura, indicando que o fermento está ativo.
  4. Na vasilha onde estão os ingredientes secos, misturar a margarina sem leite (ou a gordura de palma) derretida e o vinagre, batendo na batedeira em velocidade baixa com o batedor em forma de pá.
  5. Incorporar à esta mistura o fermento com a água e o açúcar, passando à velocidade média. Bater por 2 minutos.
  6. Em outra vasilha, bater a água da conserva de grão de bico (ou ervilha) com um garfo ou fouet, até que fique com a aparência de uma espuma leve,
  7. Acrescentar essa espuma à massa já batida, batendo em velocidade baixa por pouco tempo, até incorporar à mistura.
  8. Untar com óleo uma colher de sopa ou de arroz. Usar a colher untada para pegar as porções da massa e colocar no tabuleiro já preparado. Cada porção será um pãozinho. Tomar o cuidado de limpar a colher com um papel toalha e unta-la novamente a cada vez que for pegar uma nova porção (pão).
  9. Quando todas as porções estiverem no tabuleiro, preparar uma faca da mesma forma que a colher foi preparada anteriormente e dar um corte longitudinal de pouca profundidade em cada um dos pães. A faca também deve ser limpa e untada a cada corte feito.
  10. Deixar crescer por 25 minutos. Antes de completar este período, pré-aquecer o forno a 200ºC.
  11. Colocar o tabuleiro no forno. Usando um borrifador, espirrar água nas paredes e no fundo (o "chão") do forno até que se forme uma nuvem leve de vapor - não borrifar sobre os pães.
  12. Após 15 minutos de cozimento dos pães, o que corresponde à metade do tempo usado par assar os pães, repetir o procedimento com o borrifador. Aguardar mais 15 minutos antes de retirar os pães do forno.
  13. Deixar os pães esfiarem sobre uma grade antes de consumir.
Compartilhar
Tags:

Sílvia Hippert

    • Sílvia Hippert Diz:

      Juliana, Saber que foi tão bom para alguém conhecer estas receitas já é uma retribuição perfeita! Obrigada pelo comentário. Abraços, Sílvia

  1. Tatiana Diz:

    Posso substituir a goma xantana por CNC, a margarina pode ser BECEL (embalagem azul) e a água da ervilha ou grão de bico pode ser substituída por outro ingrediente?
    Obrigada!

    • Sílvia Hippert Diz:

      Tatiana, o CMC pode ser usado para substituir a Goma Xantana em várias receitas. Vale a tentativa. A margarina pode ser esta mesma. Quanto à água da ervilha ou do grão de bico, eles são usados para dar a estrutura aerada à receita. Você pode consumir ovos? Se puder, poderia substituir esse ingrediente pela clara de ovos. Do contrário, vale tentar com a goma da linhaça. Depois conta pra gente como ficou! Grande abraço, Sílvia

    • Sílvia Hippert Diz:

      Juliana, obrigadão por nos contar! Quando as receitas agradam as crianças, fico muito, muito feliz. 🙂
      Acho que poderia ser congelado individualmente, enrolando bem com um plástico filme (PVC). Mas penso que precisaria dar uma esquentada no forno antes de servir.
      Grande abraço! Sílvia

  2. Andressa Diz:

    Boa tarde, Segui sua receita alterando alguns ingredientes. Usei no lugar da margarina azeite e no lugar da aquafaba a goma da linhaça! Ficou muito bom! Obrigada pela receita!!!!

    • Sílvia Hippert Diz:

      Andressa,
      Que bom!
      O azeite deve ter dado um sabor todo especial ao pão.
      Adoramos azeite por aqui… 🙂
      Muito obrigada por compartilhar com a gente a sua experiência.
      Grande abraço, Sílvia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>